Página

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Milhões de "visitantes" do site do Vaticano. Em breve também russo e árabe

Milhões de "visitantes" do site do Vaticano. Em breve também russo e árabe






O site oficial do Vaticano (www.vatican.va) regista todos os dias uma média de 3 milhões de acessos, assegura o seu director, o padre argentino Adrián Ruiz. Entrevistado pelo quotidiano da Santa Sé, “L’Osservatore Romano” (edição do passado dia 11), este responsável precisa que os três primeiros países que mais "visitam" o sítio na Internet são os EUA, a Itália e a Espanha. Nos primeiros 10 encontram-se ainda Alemanha, Brasil, Coreia do Sul, México, Canadá, França e China.
Mons. Ruiz adiantou que o portal será renovado em breve, no aspecto gráfico e estruturalmente, apostando também no russo e no árabe, para além dos actuais oito idiomas (alemão, chinês, espanhol, francês, inglês, italiano, latim e português).

O responsável pelo serviço de Internet do Governo da Cidade do Vaticano fala no site oficial da Santa Sé como “o braço, as pernas, a voz virtual” do Papa para chegar a todos os lugares. Da “família” dos sites ligados ao Vaticano vão passar a fazer parte alguns dos dicastérios da Cúria Romana, os organismos que colaboram mais directamente com o Papa no governo da Igreja.

O padre Adrián Ruiz admite que é impossível promover a “interactividade” no site oficial do Papa e da Santa Sé, dado o “volume de trabalho” que seria necessário, mas destaca a necessidade de “actualizar a linguagem”. “Definitivamente, www.vatican.va não é um simples site, mas a «imagem missionária do Papa» em formato digital, em várias línguas e locais, graças aos instrumentos da tecnologia”, afirma.

Disponível no seu actual modelo desde 1997, o site tem como área de maior actividade a secção dedicada a Bento XVI. Para o futuro, fica a intenção de criar uma entrada para cada um dos Papas da história da Igreja e uma reestruturação do arquivo de vídeo.

0 comentários:

Postar um comentário

Favor identificar-se.