Página

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Congregação do Vaticano reconhece irmã Dulce como venerável

 

Formada por cardeais e bispos que analisam processos de beatificação, a Congregação para a Causa dos Santos do Vaticano decidiu, por unanimidade, reconhecer a freira baiana irmã Dulce com o título de "venerável". Segundo o cardeal primaz do Brasil, d. Geraldo Majella Agnelo, o reconhecimento é a penúltima etapa para a beatificação da religiosa, morta em 1992, aos 77 anos.
Divulgação
Irmã Dulce morreu em 1992, aos 77 anos, após se dedicar a obras sociais na Bahia
Irmã Dulce morreu em 1992, aos 77 anos, após se dedicar a obras sociais na Bahia
De acordo com o cardeal, o papa Bento 16 deverá assinar a documentação encaminhada pela congregação até junho. "A partir daí, basta a comprovação de um milagre para que irmã Dulce seja beatificada." Leia mais (20/01/2009 - 21h06)


0 comentários:

Postar um comentário

Favor identificar-se.