Página

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Folha Online - Cotidiano - Tarso diz que policiais e bombeiros do Rio terão ...

via www1.folha.uol.com.br em 14/12/09-19h41

Tarso diz que policiais e bombeiros do Rio terão piso salarial de R$ 3.200 em 2010

DIANA BRITO
colaboração para a Folha Online, no Rio
O ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou na tarde desta segunda-feira que tramita no Congresso Nacional a lei de implementação do piso salarial dos policiais (civis e militares) e do Corpo de Bombeiros do Rio para R$ 3.200, o que representa quase quatro vezes o ganho mensal de um soldado da PM (R$ 918).
Segundo ele, a ideia é aumentar o salário dos militares a partir de 2010, com recursos do governo federal, para preparar a cidade para os Jogos Olímpicos de 2016.
"Ano que vem, se tudo correr bem, queremos colocar no orçamento R$ 900 milhões, mas isso depende da tramitação, da regulamentação, da votação da assembleia para assumir esse compromisso com o salário. A partir de um certo mês de 2010 nós teremos os policiais do Rio já ganhando no mínimo R$ 3.200 para que eles sejam um exemplo para todo o Brasil", afirmou o ministro, durante evento de lançamento do primeiro programa Território da Paz do Rio, na Cidade de Deus, em Jacarepaguá, zona oeste da cidade.
Para Tarso, o "ambiente é totalmente favorável no Congresso" para a aprovação do projeto Bolsa Olímpica que aumentará o piso salarial dos policiais e bombeiros. Ele destacou também que existe um compromisso internacional do Brasil de melhorar a segurança pública do Rio para as Olimpíadas de 2016.
"Esses recursos iniciais que estamos mencionando é suficiente para pagar os policiais do Rio de Janeiro e depois vamos estendê-lo para o resto do país. O Rio será o primeiro a receber o aumento porque aqui nós temos um compromisso de ter um modelo de segurança pública integralmente modificado e reformado em 2016", disse.
Bolsa-Olímpica
Com a Bolsa-Olímpica aprovada, o agente de segurança terá que participar de cursos de qualificação oferecidos pelo Ministério da Justiça. Segundo o ministro, são esses policiais que irão ocupar as próximas 50 UPPs (Unidades de Polícia Pacificadora) até 2016.
"O Pronasci [Programa Nacional de Segurança e Cidadania) exige uma postura do policial, uma condição de preparação do agente que não é essa hoje que está aí de enfrentamento. Esse policial do Pronasci deve estar preparado através dos cursos de formação que já são oferecidos pelo Ministério da Justiça. Isso seria uma bolsa formação especial que começaria aqui no Rio destinada às Olimpíadas", afirmou.
De acordo com o ministro, o aumento do salário dos policiais e bombeiros não causaria impacto no orçamento do governo federal. Tarso não soube informar o número atual de policiais civis e de bombeiros, mas, segundo ele, há em torno de 500 mil policiais militares no país.
No Rio, pelo menos 38.539 servidores da Polícia Militar podem se beneficiar com o aumento do piso salarial, entre soldados (8.777), cabos (12.226), sargentos (12.523), segundo-tenentes (3.680) e aspirantes a oficiais (1.333).
Território de Paz
Lançado nesta segunda-feira, o projeto Território de Paz, é um dos contemplados pelo convênio do município com o Pronasci, que totaliza R$ 100 milhões, e visa implantar ações socioculturais nas comunidades.
Além de câmeras de segurança que serão instaladas em algumas localidades da Cidade de Deus, pelo menos 300 mulheres da comunidade serão selecionadas para participar do projeto Mulheres da Paz e receberão um auxílio de R$ 190 por mês para incentivar jovens a se afastar da criminalidade.



Bem pensado!

Só que a Constituição, no art. 167, X, veda este tipo de gasto.
Demagogia pura.

0 comentários:

Postar um comentário

Favor identificar-se.